Blog

Tipos de Madeira usadas na Produção de Mobiliário

Ao longo dos nossos diferentes meios de comunicação, é muito comum fazermos referência aos nossos materiais e acabamentos. Contudo, nunca lhe falamos das suas características, do que os une e do que os distingue.

Motivados pelo Dia dos Materiais, reunimos neste artigo uma lista das madeiras que usamos na produção das nossas peças, bem como informação útil sobre cada uma delas.

Carvalho

Começamos pelo carvalho, uma das madeiras que rapidamente nos surge na mente quando falamos em mobiliário. E tal não é em vão, pois é uma das mais usadas em projetos decorativos. A sua versatilidade permite criar os mais variados tipos de peças, de estilo mais moderno ou mais tradicional. É um dos materiais mais adorados por quem procura dar um aspeto luxuoso aos seus móveis.

  • Características principais: durabilidade, resistência á humidade, robusteza e dureza;
  • Dica: para manter as suas propriedades intactas, se quiser mover um móvel de lugar, deve pegar nele e não arrastá-lo. Evite também expor as peças em carvalho ao calor.

Ébano

N51- Ébano Makassar

O ébano é um tipo de madeira mais raro, o que automaticamente dá aos móveis um aspeto exclusivo. Após o polimento, este material adquire um brilho metálico, dando origem a peças com um look sofisticado.

  • Características principais: durabilidade, densidade, beleza, resistência à humidade e leveza;
  • Dica: evite a cera de móveis para as peças em ébano. Em vez disso limpe-os com óleo de limão.

Nogueira

Segue-se a nogueira, uma escolha também muito comum. Na sua superfície clara distinguem-se veios mais escuros que dão um aspeto único a cada peça. A sua resistência permite criar peças de alta qualidade. Este tipo de madeira é associado aos móveis de estilo mais clássico, sobretudo porque, quando bem cuidados, podem durar por gerações.

  • Características principais: durabilidade, versatilidade, beleza, resistência a rachaduras e choques;
  • Dica: caso um móvel em nogueira sofra um arranhão, pode resolver o problema esfregando uma noz no local, passando depois um pano macio.

Cerejeira

N10- Cerejeira Mate

A cerejeira é uma madeira nobre e uma das favoritas dos que se preocupam com a estética dos espaços. Este material ali beleza e qualidade como poucos, mas é necessário ter em atenção a sua delicadeza.

  • Características principais: beleza, durabilidade e dureza;
  • Dica: encere os móveis a cada 4 a 6 meses.

Eucalipto

O eucalipto é considerado uma madeira nobre. É muito resistente, o que permite que as peças feitas neste material possam ser colocadas em qualquer lado. Por ter uma tonalidade natural clara, é fácil aplicar-lhe qualquer acabamento, permitindo que as peças fiquem ao gosto de cada um. Para quem procura opções sustentáveis, este é inquestionavelmente o material a escolher.

  • Características principais: resistência ao impacto, densidade, dureza, solidez, multifuncionalidade, sustentabilidade;
  • Dica: se pretende um material com bom custo/benefício, o eucalipto é, geralmente, a opção recomendada.

Agora que já lhe demos a conhecer os principais materiais que usamos na produção das nossas peças e quais as vantagens de cada um, só resta que nos diga qual o mais adequado ao seu estilo e em que peça quer aplicá-lo.

Se gostou do artigo que leu e gostava de ver mais inspirações desenhadas por nós, preencha o seguinte formulário para consultar a nossa área de Catálogos com dezenas de modelos de várias peças e inspirações modernas.

    É cliente profissional?
    NãoSim
    Quer ser contactado/a pelo nosso Departamento Comercial? NãoSim

    Este site está protegido pelo reCAPTCHA e são aplicados os Termos e Condições e a Política de Privacidade da Google.

    Back to list